Caixa preta

Coração, caixa de guardar
o que em seu couro
repercute. Caixa do peito,
invólucro do tempo, ouve
o relojoeiro maluco, que nada,
que tudo, que nada, que tudo,
que nada, que tudo.
Caixa de abrir-se diante da ciência
e negar-lhe a verdade, se o gato
morreu, se viveu, se morreu, se viveu,
se morreu, se viveu. Coração caixa oca,
bumbo da crueza, bumbo da beleza,
bumbo da incerteza.

                                                                     Nilson Galvão

Anúncios

3 Respostas para “Caixa preta

  1. meu parceiro nesta empreitada é muito bom! Viva Claudius que nos convidou. Viva eu, viva tu viva o rabo do tatu! Viva Marcus que nos divulga com muito empenho e amizade. Vivam todos!

  2. Ave Maria, o que é isso?????? Estou assustada com tanta beleza!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s