Salvador Alternativo transmite ao vivo

Acompanhe: http://qik.com/salvadoralternativo

Maria Chega

Gmail fora do ar

Miro liga de Berlim para Maria e diz que não consegue entrar no Gtalk. Eu aqui estava tentando conectar desde às 5. Vera Martins informa então via Twitter o que eu sempre temi. O Gmail caiu. Quase tudo meu está lá.

veramartinsRT @PCWorldBrasil #Gmail: acesso via IMAP ou POP3 está funcionado. É saída para não ficar sem o seviço.8 minutes ago from web

Mas o lançamento aqui esá de pé e animado. Daqui a pouco mais umas imagens do começo.

Primeiro autógrafo

Primeiro autógrafo

Antes de começar, Renato Braga, que estava no Café Machiavelli pegou o primeiro autógrafo da tarde, às 16h00

É hoje

Se você for, a gente se encontra lá, na Tom do Saber, a partir das 17 horas.
Se não, a gente pode se falar no Gtalk:
gusmaomarcus@gmail.com
ou no Skype
gusmaomarcus
Se quiser, você pode acompanhar também
no Twitter:
http://twitter.com/prosaepoesia
E a partir das 19h30 no
http://twitter.com/ssaalternativo
e ao vivo no
http://qik.com/video/2670090

Fuxico na reta final XV: Janaína

É hoje!

Minha gente, me abalei de Maceió até Salvador só para comparecer a este lançamento, a este grande encontro, não só com Maria e Nilson, mas com vários e-amigos e amigos. Livros de primeira, gente de primeira: vá também, vale a pena!

Fuxico na reta final XIV: Nilson

Blag, Agosto 31, 2009
Venha: vai ser divertido! (veja o post original aqui)

contin21

caixa-preta

Vai ser a culminação de três meses de farra. Uma gincana que começou com o convite de Maria Sampaio; depois teve as reuniões com Claudius Portugal, que levou para casa e selecionou os textos do Blag, esses mesmos, que vêm sendo postados aqui em primeira mão por tanto tempo, e do Continhos de Maria; e alçou vôo com a ideia de Marcus Gusmão para um hotblog, esboçada na festa de São João do Crear e depois concretizada com brilho e paixão, obra-prima de bloguismo militante e amizade sem limites.

Dois meses de carinho intenso de tanta gente, a começar pelo que estava implícito no convite de Maria; pelo carinho de Claudius pela literatura baiana em suas muitas facetas, incluindo esse meu nicho aqui num canto qualquer da blogosfera; pelo carinho de Marcus, de Ana Lívia, nossos marqueteiros, e de todos os que embarcaram no espírito da coisa e reservaram, reservaram, reservaram: 200 vezes reservaram, o meu e o de Maria, para nosso espanto e, claro, nosso absoluto contentamento.

Passei o dia de sábado autografando os livros reservados, e posso dizer, portanto, que, ao pisar o sacrossanto ladrilho da Livraria Tom do Saber, dentro de algumas horas, não serei mais ‘vilge’ de autógrafos: já terei assinado essas dezenas de livros, pois, pois. Não, não significa que chegarei lá me sentindo “o” escritor: ainda me pergunto mesmo se sou um escritor. Um poeta, vá lá.

Um poeta realizado com seu primeiro livro belamente cinzelado por Marcelo e André Portugal, os meninos brilhantes da P55 Edições. Um poeta curioso a respeito de como as pessoas vão receber esse pequeno gesto de amor chamado ‘Caixa Preta’. Amor não às letras, necessariamente: às vísceras, talvez. Não que se trate de textos viscerais, por assim dizer: mas rituais, quem sabe, dispostos a buscar alguma revelação ao remexer nessas nossas vísceras, alvíssaras.

Curioso, aliás, como qualquer um que se mete a artista e quer saber o que acharam, desde que o mundo é mundo.

E verborrágico: afinal isso aqui era só um post pra dizer, a algumas horas da grande festa: nesta terça, 1º de setembro, das 17h às 22h, venha para o lançamento dos nossos livros, o meu ‘Caixa Preta’ e o de Maria, ‘Continhos para cão dormir’. Simples assim.

E me dou conta de que acabo de subverter o bê-a-bá do jornalismo e botar o que interessa no final do texto. Mas aqui eu posso: aqui, desde o começo, quem manda é o poeta, não o jornalista!

Pra você que costuma passar por aqui, ou que acaba de chegar até aqui: apareça! Vai ser um grande prazer e um divertimento entre amigos, e vamos poder trocar dois dedos de prosa em torno de como uma gaveta aberta na blogosfera pode virar de repente um exemplar dessas Cartas Bahianas, que vêm sendo lançadas ao mundo desde o verão de 2009. Você, visitante do blog, por definição é o primeiro leitor: o mais íntimo de todos, portanto!

Então é isso. E para deixar bem claro, vou repetir o que reza no convite da P55. Ele diz assim, e é exatamente o que queremos dizer:

VOCÊ É NOSSO CONVIDADO!!!

7 Comentários